As 7 regras de Pedro

As 7 regras de Pedro

Sempre fui muito curioso, desde criança já sedento. E sempre fui muito intenso! Entretanto, só com a maturidade, depois de erros e acertos, é que aprendi o essencial, as tais 7 Regras. Independentemente do seu estágio de vida, eis a minha partilha:

1. Ter Autoconhecimento

Autoconhecimento é, para mim, a tal coisa na vida. Conhecer a si próprio, nas várias dimensões, é capital. Saiba os seus pontos fortes para seguir com confiança e perseverança os objetivos que define e conheça os pontos fracos para com humildade aprender e evoluir. O autoconhecimento permite percorrer as estradas da vida de forma ciente.

2. Paixão e Visão de longo prazo

Descobrir as nossas paixões constitui o primeiro passo para uma vida feliz. Uma pista: pense numa atividade que é capaz de fazer com agrado se não tivesse que se preocupar em ter um trabalho. Após encontrar a paixão, o que o move, defina uma visão clara e de longo prazo. Vislumbre a si próprio num horizonte temporal alargado.

3. Pensar grande, ambicionar a excelência e ignorar o little man (naysaires)

Nunca, nunca, mas nunca pense pequeno (até porque pensar grande e pequeno custa o mesmo). Com paixão e visão clara, ambicione a excelência naquilo que faz. A excelência é o melhor amigo da boa reputação. Ao pensar grande, ao ambicionar a excelência, naturalmente, alguns dir-lhe-ão que tal propósito não é exequível. Ignore-os. Com foco avance rumo ao essencial, desapegando-se do acessório.

4. Ter referências (estudar o percurso de personalidades marcantes)

Há civilizações com mais de 5000 anos de história, o que significa que existe um enormíssimo conhecimento coletivo acumulado que lhe pode ser extremamente útil. Combine assidua lezione delle antiche com observação aguda delle cose moderne. Procure referências e essas tornar-se-ão em sábios  mentores.

5. Ser risk taker feroz, mas executando as ideais (através de trabalho árduo)

Nada é impossível, mas igualmente nada é fácil. A aptidão para correr risco é a ponte que separa os que dão o primeiro passo daqueles que não. Mas não é só correr riscos, é preciso fazer acontecer, executando as ideias. Só assim terá a felicidade interna e o reconhecimento externo. Como diria Thomas Edison, é 1% de inspiração e 99% de transpiração.

6. Construir uma boa equipa

Construa um modelo de equipa semelhante aos Beatles. Ou seja, um grupo de pessoas que fizeram boa música a solo, mas em grupo marcaram gerações com canções intemporais. Equilibravam-se uns aos outros. O grupo era superior à soma das partes. Construa uma equipa com a qual consegue obter resultados que de outra forma jamais conseguiria.

7. Filantropia, sempre!

Por mais que progrida, por mais bens que venha a amealhar, a vida é uma só. Viva por si, mas contribua à sociedade a qual pertence. Se tiver 10 casas, só consegue dormir numa cama e num quarto. Seja um filantropo. Seja um tutor e um mentor daqueles que precisam.

Seja curioso, de espírito crítico, atento. Continue aprendendo e permaneça sempre no comando.

Seja curioso, de espírito crítico, atento. Continue aprendendo e permaneça sempre no comando.